quinta-feira, 7 de julho de 2011

Pasteis de Santa Clara

Como sabem nós moramos no centro do pais, mais propriamente na cidade dos estudantes. Eu não sou de cá, mas a vida fez-me poisar por aqui. Aqui casei e tive os meus filhos, esses sim já são Conimbricenses. 
De Coimbra só conhecia o Portugal dos Pequeninos, a Universidade e os Pasteis de Tentúgal. Aos poucos foi conhecendo os seus monumentos, a sua história e a sua gastronomia... Arrufadas de Coimbra, Manjar Branco, Barrigas de Freiras, Pasteis de Lorvão, Nevadas ... e os famosos Pasteis de Santa Clara.
Foi com estes Pasteis que começamos a nossa aventura pela confecção de doces regionais de Coimbra. Escolhemos estes por serem um dos 3 doces conventuais mais conhecidos da "nossa" terra. 
Foi com eles que fomos a Lisboa, a um pic-nic que tão cedo não iremos esquecer. Um pic-nic em que a conversa e a amizade reinou entre uma patanisca e outra, e as risadas das crianças foram os sons de fundo. Foi com estes Pasteis que fomos tão bem recebidas num grupo tão diversificado com personalidades tão interessantes. 
Pela minha família agradeço o vosso acolhimento e a vossa amizade. Espero que tenham gostado deste miminho da nossa terra =)

Pasteis de Santa Clara


Ingredientes:
Massa
250 g de farinha
125 g de margarina
água q.b.

Recheio
250 g de açúcar
1,5 dl de água
100 g de amêndoa sem pele (pode fazer com pele)
9 gemas

Preparação:
Começa-se por fazer o recheio. Leve ao lume o açúcar com a agua e deixe ferver até obter o ponto cabelo (A calda escorre da colher em fios muito finos).
Retira-se do lume e deixa-se arrefecer um pouco. Numa tigela deite as gemas e a amêndoa moída e misture, com a ajuda de um fuet. Junte a calda de açúcar em fio, mexendo sempre. Deite este preparado no tacho e leve, novamente ao lume, até que este atinja o ponto de estrada (Ao passar a colher no fundo do tacho, esta abre um sulco).

Enquanto esfria o recheio faça a massa.
Bimby - Coloque a farinha e a margarina aos pedaços e misture 10 seg, vel 4. Junte a água (inicie com 4 colheres de sopa) e torne a amassar uns seg, vel 4 até obter uma mistura elástica. se for necessário, junte mais água e volte a programar a bimby na vel.4.
Tradicional - Deite a farinha para uma tigela, a margarina e trabalhe molhando a mão em água fria. Vá juntando água e amasse bem até a massa fique elástica para se poder estender com o rolo. 

Preparação dos Pasteis - Estenda a massa muito fina, coloque um montinho do recheio, dobre a massa (tipo rissol) e corte os pasteis em meia lua.
Pincele com ovo batido, polvilhe com açúcar e vão a cozer em forno médio. 

Nota:
Passa esta quantidade de recheio, tivemos que dobrar os ingredientes da massa.

Fonte:
Receita baseada no blog Donanna e Receitas e Comidas

15 comentários:

  1. Ainda vejo a Manuel a correr atrás da bola...
    Foi uma tarde em cheio e cheia. De coisas boas!
    Amiga, estes pastelinhos são bons, mas bons, daqueles que temos que repetir só porque sim. :)
    Um beijo grande para vocês.

    ResponderEliminar
  2. hum q DELÍCIA!!!!

    Receita matavilhosa!!!

    http://deliciasdaisa.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Margarida e Carolina que lindos estes pasteis como eu gostava de provar, já que moram no centro do país um dia destes têm de subir até ao Porto não é sempre a descer :) :)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Estão lindos e deliciosos... nunca provei estes pastéis :) Tenho de experimentar fazê-los em casa. Obrigada pela receita :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Que bonitos que são e decertezinha uma delicia de cair para o lado!!!Pena não os ter provado ihihi...

    bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  6. Pronto... e agora? Já tenho a receita não vou poder fugir deles.
    Que me desculpem todas as presentes no pic nic da patanisca, naquele dia fantástico, mas estes pastelinhos foram a melhor coisa doce que por lá passou.
    Um beijinho grande, amigos de Coimbra

    ResponderEliminar
  7. E eu que vivi em Coimbra e nunca provei esse pasteis! Será que via ser desta? UM beijinho

    ResponderEliminar
  8. Ai que tentação ....
    Eu adoro este tipo de doces....com recheio... e tem amêndoas!!!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Minhas Queridas Margarida e Carolina,
    Eu gostei muito desses pastelinhos, e não tenho vergonha de dizer que comi mais que um, andava ansiosa à espera que a receita aparecesse :)
    O meu pai nasceu em Coimbra e eu na Figueira da Foz :)
    Um grande beijinho para todos

    ResponderEliminar
  10. Carolina, Coimbra é a cidade que está sempre no meu coração.Passei a minha infância muito perto dela e continuo a ir llá.Adoro a cidade em si e as coisinhas doces, pasteis de tentugal, as arrufadas e os pasteis de Santa Clara que à tanto tempo não como, são uma delícia.Agora que tenho aqui a receita não me vão escapar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Tenho fotos minhas em criança no Portugal dos pequenitos, a família do meu pai é daquela zona, e ao longo dos anos voltei lá muitas vezes com as minhas crianças.
    Estes pasteis são para experimentar...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Queridas Margarida e Carolina
    Não esquecerei esta tarde tão bem passada em tão boa companhia e para culminar com os meus filhos presentes.
    Estes pasteis que adorei estiveram à altura do acontecimento.
    Beijos grandes para todos aí em casa.

    ResponderEliminar
  13. Hai Dear

    This looks yummy....you have a lovely blog… You have so many wonderful recipes..I have bookmarked you blog and some recipe from that to try..Please check out my blog.I am having a Giveaway in my blog..Please check it out and partcipate in that..
    http://yummytummy-aarthi.blogspot.com/2011/07/homemade-bounty-chocolate-and-giveaway.html

    Aarthi

    ResponderEliminar
  14. Lindos pasteizinhos! Tenho um fraco pelos doces portugueses e esses seus já estão anotadíssimos!

    Aproveito para te convidar a conhecer o meu tmb, o Gourmandisme. beijos

    ResponderEliminar
  15. Margarida e Carolina,
    Esses pastéis devem ter ficado maravilhosos, compartilhados em família melhor ainda. Beijocas, Adriana

    ResponderEliminar