domingo, 27 de novembro de 2011

"Velocidade Colher"

Hoje não trazemos uma receita ... ou melhor trazemos muitas receitas, doces e salgadas, feitas com muito carinho e dedicação.
Trazemos um livro. Não é um livro qualquer é um livro cheio de partilha e com muita entrega por parte da autora. Nós temos a sorte e o privilégio de conhecer pessoalmente a Susana Gomes mais conhecida como a "Amiga bonita", pois é isso mesmo que ela é,  bonita por fora e por dentro, com uma alegria contagiante e um riso fascinante.



Este livro é o resultado de um sonho da autora. Que em boa hora foi acolhido pelos editores e publicado.

Para quem estiver interessado em o adquirir este delicioso livro "Velocidade Colher - Entre tachos e bimby" ele vai sair como suplemento do jornal publico no dia 17 de dezembro. Se quiserem podem fazer a pré-reserva na loja online do publico. Irá custar 14€50 e o,50€ revertem a favor da casa dos rapazes, uma instituição de solidariedade social.

Não percam a oportunidade de adquirirem este livro pois vale mesmo a pena. Espreitem só as suas delicias no No Soup For You e imaginem só os sabores do livro =)

Muitos parabéns Amiga por este livro e espero que o este seja um sucesso, um best seller =) Tu mereces isto e muito mais. 

Beijinhos grandes destas tuas grandes amigas.

domingo, 30 de outubro de 2011

Tarte da Margarida ... mas do figolampo =)

A minha primeira tarte salgada foi feita este verão. Assim que a vi no blog da Margarida fiquei logo com vontade de a provar. A minha Mãe andou pela cozinha a rondar mas eu não precisei da ajuda (só mesmo para por a tarte no forno e fatiar as curgetes).
Achei um máximo alourar as curgetes e elas sabem tão bem como batata frita... Houve umas que nem viram a tarte, foram logo "roubadas" =) 

Espero que gostem... nós adoramos. Obrigada Margarida!!!
Tarte Rústica de Curgetes


Ingredientes
2 colheres de sopa de azeite
1 curgete finamente fatiada (usamos uma muito grande)
500g de queijo requeijão
4 ovos
1 mão cheia de folhas de manjericão picadas
50g de queijo parmesão ralado
1 dente de alho esmagado
1 base de massa folhada refrigerada, 
pimenta preta
noz-moscada

Preparação:
Pré-aqueça o forno a 180º. 
Coloque uma colher de sopa de azeite numa frigideira e aloure as fatias de curgetes durante cerca de 5 minutos.
Numa tigela misture o requeijão, os ovos, o manjericão, metade do parmesão, o alho, sal, noz-moscada e pimenta.
Abra a massa folhada e coloque-a no tabuleiro do forno. Espalhe a mistura de requeijão sobre a massa, deixando um rebordo com cerca de 4cm. Disponha as fatias de curgete sobre esta mistura pressionando ligeiramente. Polvilhe com o restante queijo parmesão. Dobre o rebordo da massa para dentro, sobre o recheio, e pressione ligeiramente. Leve ao forno por 30 minutos aproximadamente.


Nota: 
Como não encontramos ricotta por aquelas bandas, aceitamos a sugestão da Margarida e mudamos para requeijão. Mais tarde provamos a verdadeira receita e achamos bem melhor, por isso sugerimos uma visita pela receita original

Fonte:
Esta receita foi retirada do caderninho de receitas da nossa amiga Margarida - figo lampo

domingo, 23 de outubro de 2011

Salada de Figo, Framboesa e Presunto

E como não só de doces vive o Homem, hoje trazemos uma saladinha para este primeiro dia de outono. É uma salada que cheira a fim de verão, mas que de tão boa que é, apetece comer a qualquer dia do ano =)


Foi uma ótima surpresa esta salada, uma vez que eu não gosto muito de misturar fruta com o sabor salgado. Mas esta mistura foi aprovada por todos até pelo meu maninho que não combina com este tipo de saladinha.


Salada de figo, framboesas e presunto


Ingredientes
150 g de alface (mistura de folhas de beterraba e rúcula)
6 figos maduros, partidos ao meio
150 g de framboesas
8 fatias de presunto

Molho
2 colheres de sopa de vinagre balsâmico tradicional
2 colheres de sopa de azeite

Preparação:
Disponha a alface numa saladeira grande, junte as metades de figos (em alguns cortamos em quartos e tiramos a pele), as framboesas e o presunto. Misture delicadamente e transfira para uma travessa.
Para o molhe, misture o azeite com o vinagre balsâmico. Regue a salada com o molho e sirva.

Nota:
Não utilizamos a mistura de folhas de beterrabas e rúcula, porque nós este verão decidimos consumir o que tínhamos na horta, por essa razão usamos a alface que se plantou e que íamos buscar sempre que necessitávamos de alguma.

Fonte:
Esta salada foi retirada do livro “200 receitas de saladas” de Alice Storey

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

1º aniversário - Frangipane Tart




Hoje estamos em festa!!! O nosso caderninho faz 1 ano!

Com este ano aprendi imensas coisas ligadas à arte da culinária. Conheci novas pessoas do mundo virtual, ligadas a Blogues de culinária. Alguns blogs eu já conhecia e seguia as suas receitas, outros comecei a seguir.

Participei num workshop, numa viagem ao Algarve e num piquenique especial.

Mas o melhor de isto tudo é que há um ano eu simplesmente ajudava a minha mãe e agora preparo uma refeição sozinha ou com muito pouca ajuda.

Para festejar este aniversário escolhemos uma receita que  fizemos  no verão e gostamos tanto, tanto que fizemos duas vezes.

Parabéns caderninho!!!

São servidos de uma fatia e brindar connosco o primeiro ano? Bem vindos a todos!!!

 Frangipane Tart  


Ingredientes
Massa
375g de farinha de trigo
50g de açúcar 
200g de manteiga
1 ovo

Frangipane
125g de manteiga
125g de açúcar de confeiteiro
2 ovos
1 gema de ovo
125g de miolo de amêndoa
25ml de Run ou licor de noz

Amoras, morangos e framboesas frescas

Preparação
Bimby - Comece por fazer a massa. Coloque a farinha, o açúcar e a manteiga no copo e pressione o botão turbo várias vezes até obter uma farofa grossa. Adicione o ovo e programe 20 seg, vel 4. Retire a massa forme uma bola, envolva em película transparente e coloque na frigorífico durante uma hora.
Após a  massa repousar, polvilhe a banca com farinha e estenda metade da massa até 3-4mm de espessura. (pode congelar a restante massa até 4 semanas). Forre uma tarteira com fundo amovível com a pasta que estendeu e coloque no frigorífico.
Faça o creme do frangipane, colocando a manteiga e o açúcar no copo e bata na vel 3, até ficar um creme esbranquiçado e fofo. Adicione os ovos e a gema pelo bocal, um de cada vez e continue a bater na mesma velocidade até ficar um creme homogéneo. Junte o miolo de amêndoa e o rum e bater mais 10 seg, vel. 3.
Para o frangipane creme, a manteiga e o açúcar em uma batedeira até ficarem esbranquiçadas e fofas.
Retire a tarteira do frigorífico e deite o creme por cima. Disponha as bagas (amora, morangos e framboesas), pressionando levemente  na mistura.
Leve ao forno 180º, por 30-35 até ficar dourado e cozido.






Notas:
Deve utilizar frutos frescos, pois se forem congelados podem deitar agua em demasia ao creme e estragar. Se estiver com pressa pode usar uma base de massa arreada comprada.
As fotos são de duas tartes diferentes. 

Fontes:
Esta receita foi retirada do Masterchef e é do chef Matt Moran

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Pannacotta de Iogurte e Baunilha com Gelatina de Framboesas ou Amoras

Uma das sobremesas que o meu irmão mais gosta é "pannacotta" ou natas cozidas. Quando vimos esta receita no Junior MasterChef nem pensámos duas vezes. Tínhamos que fazer!!!  Aproveitámos que íamos ter amigos no fim de semana e fizemos duas versões, uma de amoras e outra de framboesas. Gostámos muito, embora para os mais novos, a gelatina devia levar o dobro do açúcar, para existir um contraste maior com a pannacotta (aqui também era capaz de colocar mais um pouco de açúcar). A receita original tem umas "tuilles" de pistácio, mas não fizemos pois eram muitas pessoas =)"
Esta foi eleita a sobremesa mais bonita das férias. Esperamos que gostem!!!

Pannacotta de Iogurte e Baunilha com Gelatina de Framboesas ou Amoras



Ingredientes
Geleia de Framboesa ou de amoras
150 g de framboesa frescas ou de amoras frescas
100 ml de água
30 g de açúcar em pó
6 g de gelatina em folha (3 folhas)

Pannacotta
375 ml de natas
45 g de açúcar em pó
6 g de gelatina em folha (3 folhas)
180 g de iogurte gordo 
vagem de baunilha 

Preparação
Comece por fazer a gelatina de framboesa/amora. Deite numa tigela as framboesa/amoras, água e o açúcar e coloque sobre uma panela com água fervente por cerca de 3-4 minutos ou até que infundido. Enquanto isso, mergulhe as folhas de gelatina numa tigela com água fria por 3 minutos ou até ficar macia. Esprema o excesso de água das folhas e adicione à mistura de framboesa. Mexa delicadamente para dissolver a gelatina. Despeje a gelatina ainda liquida numa forma ou em várias forminhas, previamente passada/as por água fria e leve ao frio até solidificar.
 
Para o pannacotta:
Tradicional - Deite as natas com o açúcar numa panela pequena e leve a lume médio durante 3 ou 4 min, mexendo sempre. Entretanto mergulhe a gelatina em água fria até ficar macia. Esprema o excesso de água  e junte a gelatina nas natas cozidas. Deite o iogurte e a baunilha às natas cozidas e mexa bem até ficar com um creme homogéneo.
Depois do creme frio, despeje a mistura por cima da gelatina de framboesa/amora. Leve ao frio até endurecer. Por fim desenforme e sirva.
Bimby -  Deite as natas e o açúcar no copo e programe 6 min, temp. 80º, vel. 3. Entretanto mergulhe a gelatina em água fria até ficar macia. Esprema o excesso de água. Junte a gelatina, iogurte e a baunilha às natas cozidas e mexa durante 10 seg, vel.3, até ficar com um creme homogéneo. 
Depois do creme frio, despeje a mistura por cima da gelatina de framboesa/amora. Leve ao frio até endurecer. Por fim desenforme e sirva.

Notas:
Para desenformar coloque o molde/forma numa bacia com agua quente até a pannacotta se desprender da forma. Antes de virar para o prato de servir, coloque uma faca para deixar entrar ar até à gelatina para se conseguir desenformar com perfeição. Podemos mudar as framboesas para outras frutas, desde que sejam frescas, pois as congeladas podem deslaçar a gelatina.
Nós fizemos duas receitas uma para cada forma. Para a próxima vez iremos colocar 80g de açúcar na gelatina e na pannacotta também, pois achamos um pouco ácida demais.

Fonte:
Esta sobremesa foi uma receita que a Chef "Poh Long" realizou nas MasterClass

sábado, 3 de setembro de 2011

As Férias Chegaram ao Fim !!!

As férias chegaram ao fim !!!
Agora que estamos em casa, queremos partilhar convosco um pouco das nossas férias. 
Tivemos de tudo, sol e chuva, sossego e casa cheia, doces e salgados, piscina e monumentos, alegrias mas não tristezas... Mas claro todos os momentos foram deliciosamente vividos.
Como tem sido hábito há uns anos para cá, fomos para a quinta dos meus Avós e os fins de semana foram preenchidos com amigos. A diversão não faltou e os petisquinhos também.
Estas férias serviram também para inovarmos nas nossas receitas e experimentarmos novos sabores e combinações. Umas gostamos mais, outras gostamos menos, mas todas valeram a pena para aprendermos a combinar o doce com o salgado. 
Foi também nestas férias que começou um novo programa que eu adorei - Junior MasterChef Australia. Tenho visto todos os domingos na sic K e já reproduzi 2 receitas, uma doce e outra salgada. 

Deixamos aqui uma ideia geral de todos os petiscos doces e salgados que fizemos nas férias. As receitas irão aparecendo daqui para a frente em novos posts.






Aproveitamos para agradecer aos amigos que nos visitaram tanto pessoalmente como virtualmente.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Um Doce de Amoras para um Doce Figo

Este ano é o 3º ano que abro as portas, ou antes os portões da quinta para receber amigos para um fim de semana de sabores, aromas e amizade em que a banda sonora é de muitas gargalhadas dadas pelas crianças e claro pelos adultos também. 
Este ano é também a 3º vez que apanho amoras e levo para casa umas valentes arranhadelas e picadelas.


Quando vi a proposta da Margarida para festejar o 3º aniversário do seu blog  lembrei-me logo das amoras,... de todo o aroma e sabor das amoras. Recordei as conversas, as risadas, as fotografias partilhadas em volta de uma fatia de tarte de amoras, de uma fatia de pão com doce de amoras. Revi as picadelas e arranhadelas que partilhei com os amigos brazileirinhos. Saboreei de novo a tarte de queijo com amoras que recebi o ano passado os amigos antigos e os novos amigos.
Este ano será o 3º ano que irei receber os meus amigos com um doce de amoras Um doce bem especial... Um doce de Amoras para festejar um doce Figo. Posso disser que este doce é preparado com 3 ingredientes em que o 3º é o mais especial. 
Muitos parabéns Margarida e uma vida muito, mas muito longa para o teu figolampo que nos tem brindado com receitas deliciosas.

Doce de Amora


Ingredientes:
1 kg de amoras
750 g de açúcar
Amizade qb

Preparação:
Bimby - Coloque a borboleta nas laminas, as amoras e o açúcar. Feche o copo, retire o copinho medidor e coloque o cesto virado ao contrario em cima da tampa, para não salpicar a cozinha toda. Programe 25 min, temp. varoma, vel 1.
Quando terminar coloque o doce frio em frascos esterilizados.

Nota:
Se pretender mais doce terá de aumentar para 850 g o açúcar.

Fonte:
Esta receita não tem fonte especifica. É feita ao sabor do momento.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Pasteis de Santa Clara

Como sabem nós moramos no centro do pais, mais propriamente na cidade dos estudantes. Eu não sou de cá, mas a vida fez-me poisar por aqui. Aqui casei e tive os meus filhos, esses sim já são Conimbricenses. 
De Coimbra só conhecia o Portugal dos Pequeninos, a Universidade e os Pasteis de Tentúgal. Aos poucos foi conhecendo os seus monumentos, a sua história e a sua gastronomia... Arrufadas de Coimbra, Manjar Branco, Barrigas de Freiras, Pasteis de Lorvão, Nevadas ... e os famosos Pasteis de Santa Clara.
Foi com estes Pasteis que começamos a nossa aventura pela confecção de doces regionais de Coimbra. Escolhemos estes por serem um dos 3 doces conventuais mais conhecidos da "nossa" terra. 
Foi com eles que fomos a Lisboa, a um pic-nic que tão cedo não iremos esquecer. Um pic-nic em que a conversa e a amizade reinou entre uma patanisca e outra, e as risadas das crianças foram os sons de fundo. Foi com estes Pasteis que fomos tão bem recebidas num grupo tão diversificado com personalidades tão interessantes. 
Pela minha família agradeço o vosso acolhimento e a vossa amizade. Espero que tenham gostado deste miminho da nossa terra =)

Pasteis de Santa Clara


Ingredientes:
Massa
250 g de farinha
125 g de margarina
água q.b.

Recheio
250 g de açúcar
1,5 dl de água
100 g de amêndoa sem pele (pode fazer com pele)
9 gemas

Preparação:
Começa-se por fazer o recheio. Leve ao lume o açúcar com a agua e deixe ferver até obter o ponto cabelo (A calda escorre da colher em fios muito finos).
Retira-se do lume e deixa-se arrefecer um pouco. Numa tigela deite as gemas e a amêndoa moída e misture, com a ajuda de um fuet. Junte a calda de açúcar em fio, mexendo sempre. Deite este preparado no tacho e leve, novamente ao lume, até que este atinja o ponto de estrada (Ao passar a colher no fundo do tacho, esta abre um sulco).

Enquanto esfria o recheio faça a massa.
Bimby - Coloque a farinha e a margarina aos pedaços e misture 10 seg, vel 4. Junte a água (inicie com 4 colheres de sopa) e torne a amassar uns seg, vel 4 até obter uma mistura elástica. se for necessário, junte mais água e volte a programar a bimby na vel.4.
Tradicional - Deite a farinha para uma tigela, a margarina e trabalhe molhando a mão em água fria. Vá juntando água e amasse bem até a massa fique elástica para se poder estender com o rolo. 

Preparação dos Pasteis - Estenda a massa muito fina, coloque um montinho do recheio, dobre a massa (tipo rissol) e corte os pasteis em meia lua.
Pincele com ovo batido, polvilhe com açúcar e vão a cozer em forno médio. 

Nota:
Passa esta quantidade de recheio, tivemos que dobrar os ingredientes da massa.

Fonte:
Receita baseada no blog Donanna e Receitas e Comidas

domingo, 3 de julho de 2011

Hoje traga um Brinde ...

Hoje trago um Brinde... sim um BRINDE!!!



Um Brinde à Vida ...
Um Brinde aos Verdadeiros Amigos ...
Um Brinde aos Bons Momentos ...
Um Brinde à Verdadeira Amizade ...
... ou simplesmente ...
Um Brinde aos Amigos Helena, Miguel, Tiago e André.

Para eles tudo de bom que existe nesta e na outra vida ... para eles a maior das sortes para este novo projecto... para eles, ... ... ... para eles (ou não vivemos nós em Coimbra)
F-R-A ... FRA
F-R-E...FRE
F-R.I... FRI,
F-R-O ...FRO,
F-R-U ... FRU,
FRA, FRE, FRI, FRO, FRU XIRIBITÁTÁTÁTÁ     URRA URRA ....

Caipirinha




Ingredientes (por pessoa)
1/2 lima
15 a 20 g de açúcar amarelo
50 g de cachaça
200 g de gelo  
Preparação
Bimby - Coloque no copo o açúcar e pulverize 15 seg, vel 9.
Adicione o gelo , e a cachaça e pique na vel 5, até mudar o barulho das pedras de gelo. 
Parta as limas em quartos, introduza pelo bucal da tampa e pressione o botão turbo 3 ou 4 vezes para partir as limas e misturar ao resto.
Deite num jarro e sirva em copos com uma palhinha. 
Tradicional - Triture o gelo de forma a ficar picado.
Coloque num copo a 1/2 lima quarta em 2. Com a ajuda do pilão, esprema um pouco a lima de forma que saia o sumo. Junte o açúcar, a cachaça e por fim coloque o gelo. Mexa com a palhinha e sirva.

Nota: 
Multiplique os ingredientes da receita pelo numero de amigos com quem quiser fazer este brinde.
Fonte:
Livro Bimby - Vorwerk Portugal
___________________________

As fotografias da montagem foram tiradas pela Helena e o Miguel num fim de semana espectacular ou antes espectaculex =)  
Muitos mais fim de semanas como estes últimos que tivemos irão existir, pois a nossa Amizade vai continuar mesmo com um, dois ou três Oceanos de distancia... E como a Margarida diz, venham ai os concursos =) 
Beijos enormes para os 4 de nós os 4.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Tarte de Amêndoa e uma Viagem

Há umas semanas foi passar um fim de semana ao Algarve, a convite da minha amiga Pi. Foi com a minha mãe para Lisboa de comboio. Na gare esperava-nos os meus grandes amigos Helena e Miguel  a minha "nova" amiga linda Susana. Fomos rumo à casa Pintainho, uma casa magnifica com piscina, onde tomei banho às 8h e 30 min da manhã =). Lá esperávamos a minha querida Pi e marido e os amigos Gisela e Luís.
Foi um fim de semana de muita animação, cheio de alegria e boa disposição e principalmente de muita amizade. Eu cá arranjei amigos novos e "antigos".
Como era de esperar eu e a minha mãe não fomos de mãos à abanar. Levamos uma tarte de amêndoas que a minha mãe diz que a Biza fazia muito bem.
Não nos enganamos na escolha, pois todos gostaram muito, ou disseram que tinham gostado =). Serviu de pequeno almoço nesses dois dias e ainda ajudou no jantar de domingo.
Espero que gostem tanto como nós gostamos.

Tarte de Amêndoa


Ingredientes:

Massa:
180 g de farinha
100 g de manteiga
100 g de açúcar
2 ovos
1 colher de chá de fermento

Cobertura:
100 g de açúcar
120 g de manteiga
200 g de amêndoa peladas e talhadas com a faca
4 colheres de sopa de leite
1 colher de sopa de rum

Preparação:
Comece por fazer a massa. Bata o açúcar, as gemas e a manteiga com a batedeira, e reserve esta massa.
Bata as claras em castelo e vá envolvendo na massa anterior intercalando com a farinha e o fermento.
Deite esta massa numa tarteira (forma para tarte) untada de manteiga e polvilhada de farinha. Leve ao forno até a massa estar quase cozida.

Entretanto faça a cobertura. Numa frigideira larga coloca-se o açúcar ao lume e a manteiga. Estando derretida junta-se a amêndoa. Quando esta mistura estiver loura junta-se o leite e envolve-se bem. 
Cobre-se a massa do bolo e vai de novo ao forno alourar mais um pouco.

Nota:
Eu deixo no forno até o açúcar ficar mesmo caramelo.

Fonte:
Caderninho de receitas da Biza Guette


sexta-feira, 10 de junho de 2011

Sanduíche de requeijão e maçã com fiambre de peru

Apesar de o sol andar a brincar connosco, o tempo já vai convidando a umas refeições mais ligeiras. Num desses dias que o sol brilhava e o calor já apertava, eu e a Margarida fomos até à cozinha e preparamos esta refeição para os meninos da casa. E não é que todos gostamos muito =)


Sanduíche de requeijão e maçã com fiambre de peru

Ingredientes:
1 requeijão de cabra
pimenta moída na altura
1 cenoura
1 maçã Granny Smith
1 colher de sopa de mel
30 g de miolo de noz
sal
folhas de alface
2 baguetes compridas (usei pão de sementes e baguete era média)
4 fatias finas de fiambre de peru

Preparação:
Deite o requeijão numa tigela e tempere-o com pimenta moída na altura e o sal. 
Pele a cenoura e a maçã e rale no crivo maior do ralador e junte ao requeijão.
Adicione o mel e o miolo de noz grosseiramente partido e misture bem.
Lave bem as folhas de alface e enxugue-as bem. Abra os pães transversalmente e corte-os ao meio. Recheie com as folhas de alface, as fatias de fiambre de peru e o preparado de requeijão.

Nota:
Eu usei baguetes de pão de sementes pequenas. A pimenta escolhida foi uma mistura de várias pimentas (caiena, branca, preta e rosa). Se preferir um sabor menos adocicado ponha menos mel.

Fonte:
Esta receita foi retirada da revista Vaqueiro do mês de Maio de 2011

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Dia da Criança rima com Gelado

O Dia da Criança normalmente nunca passa despercebido. Um simples gesto faz a diferença neste dia especial. Não falo em prendas tipo brinquedos, jogos ou outras coisas mais comerciais. Falo num beijinho especial, numa brincadeira de fim de dia e de um gelado. Sim, um gelado... 
Gelado porque nas minhas recordações era a prenda que os meus pais nos ofereciam neste dia. Após o jantar a minha Mãe dava dinheiro ao meu irmão mais velho e íamos todos a correr à "Brilhante" comprar o tão desejado Cornetto. Ficávamos sempre na dúvida: chocolate ou morango ??? Mas uma coisa era certa, saíamos do café com 3 Cornettos, um para cada um dos irmãos e um sorriso enorme, que é o que os Pais desejam neste dia para os seus filhos "Felicidade, muita Felicidade".
Esse hábito do gelado ficou, e eu faço questão de presentear os meus filhos ano após ano com um gelado, desta vez foi caseiro e colocado em formas especiais dadas pela nossa querida Pi no ano passado. Obrigada amiga =)


Gelado Rápido de Morango

Ingredientes:
500 g de morangos
200 g de natas
200 g de leite
100 g de açúcar

Preparação:
Triture os morangos com as natas e o açúcar numa batedeira (bimby: 1 min, vel 5-9). Junte o leite e bata mais um pouco (bimby: 30 seg, vel 9).
Coloque a mistura na máquina de gelados procedendo de acordo com as instruções da mesma. Caso não possua máquina, guarde  num recipiente no congelador até solidificar.
Notas:
Se tiver formas de gelado de pão, encha-as com o gelado já feito (retire da máquina de gelados para os moldes).

Fonte:
Esta receita foi inspiradas nos gelados rápidos dos caderninhos de receitas da Susana e Helena.

terça-feira, 31 de maio de 2011

"Jardim & Sabores" - Algarve Gourmet

Numa viagem muito animada ao Algarve, fizemos um Workshop com o chefe Ricardo de Sousa do restaurante Jardim & Sabores, em Albufeira.
A ementa foi "frango recheado com sapateira e crosta de pistácios com risotto de camarão e legumes salteados" e "coulant de chocolate" com um gelado de frutos silvestres e lemon curd. 


A Susana começou por fazer a limonada, o gelado e o "lemon curd" na bimby. Eu ajude-a pois quero repetir este geladinho para o meu pai e irmão. 
Aprendi imenso a ver o Chef confecionar o prato principal e o "coulant". Gostei muito de o ver a desossar o frango. Mas o frango só ficou tenrinho por causa das "marteladas" bem assentes que o Miguel deu no frango =)
O Chef foi muito simpático pois esteve sempre pronto a explicar e a tirar duvidas. 
Gostei muito de todo o almoço, da refeição, dos amigos, do sítio e das risadas... mas o "coulant" foi o que mais adorei =) =) =)
Inspirada pelo Miguel e pela Helena tirei imensas fotografias, apesar de não precisar dela para me lembrar deste dia, pois este Workshop vai ficar para sempre na minha memoria.

Muito obrigado ao Chef Ricardo e à minha muito querida amiga Pi, por me ter convidado para este fim de semana maravilhoso.
_______

Desta vez opto por deixar este post à responsabilidade da Margarida, pois é das palavras das criança que vemos as verdades. E não podia ser mais verdade tudo aquilo que escreveu. Agradeço ao Chef Ricardo por nos ter recebido de forma dão familiar e à minha amiga Pi pelo fim de semana que nos proporcionou, ao Miguel e Helena pela "boleia" e tudo o mais, à Susana pelas belas gargalhadas, ao Luís e Gisela pela companhia e a minha filha pela pessoa tão especial que ela é.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Spaghetti a la Vongele

Este prato foi feito na integra pela minha filha. Eu só escorri a massa e liguei o fogão, pois ainda acho que é cedo para ela mexer nessas coisas, tenho sempre receio de ela se queimar... Coisas de mãe.
Foi para um almoço de fim de semana. Foi buscar a receita que eu tinha no meu caderninho com as minhas indicações, arranjou os ingredientes e colocou a bimby em funcionamento e saiu este delicioso repasto.
É nestas coisas que eu acho que a bimby dá jeito. Sozinha fez o almoço, porque ai nem toquei. Espero que gostem como nós gostamos.


Ingredientes:
50 g azeite
4 dentes de alho
2 cebolas médias
4 tomates maduros
2 goles de vinho branco
1 kg de amêijoas
sal e pimenta q.b.
esparguete q.b.

Preparação:
Lave bem as amêijoas e deite-as num recipiente com água salgada para que soltem toda a areia.  Reserve.
Introduza no copo os alhos, a cebola e o tomate e triture na vel 5-7-9 durante uns seg. Limpe as paredes do copo com a ajuda da espátula, junte o azeite e programe 5 min, temp varoma, vel 3.
Coloque as amêijoas no recipiente Varoma, coloque-o em cima da tampa sem o copinho e programe 10 min, temp varoma, vel 3.
Entretanto coza o esparguete deixando-o "el dente".
Quando a bimby apitar verifique se as ameijoas estão cozidas (se não deles no máximo mais 5 min) . Retire-as e se gostar do molho mais macio, triture-o uns seg na vel. 5.
Deite as ameijoas sobre o esparguete e regue-as com o molho.

Nota:
Se gostar pode polvilhar com salsa picada.

Fonte:
Receita adaptada do caderninho de receitas amiga guigas

sábado, 14 de maio de 2011

Bolo do Lobo Mau

Voltamos a publicar porque desapareceu os comentários =(

À dois anos foi-me oferecido um livro especial. Não é um livro qualquer, é um livro "com muito humor e ... sabor!". Eu explico: É um livro escrito pela Alice Vieira que reconta histórias de sempre, mas com uma particularidade, cada conto tem uma receita de Vítor Sobral. Este domingo fizemos um lanche ajantarado e lembrei-me deste livro para fazer o docinho da refeição. Acabei por escolher a história dos "Três Porquinhos" e o livro foi um presente da canela do blog "sabores de canela".

"... E, enquanto os porquinhos passaram a noite felizes por estarem na casa nova,mas cheios de fome, as pessoas da aldeia, reunidas junto do coreto, encheram a barriga de enormes fatias de bolo de cenoura, laranja e chocolate, que o lobo ia distribuindo, lastimando a sua sorte:
- Mas por que é que ninguém acredita em mim? Eu só queria partilhar este bolo com eles, e dar-lhes as boas-vindas à aldeia! Vocês acreditam em mim, não acreditam?
As pessoas acenaram todas que sim. Até porque, com a barriga cheia de bolo de cenoura, laranja e chocolate, acredita-se em tudo."

E vocês acreditam???
Bolo de Cenoura, Laranja e Chocolate


Ingredientes
250 g de cenouras
0,75 dl de azeite 
200 g de farinha
raspa de 1/2 laranja
1 colher de café de fermento em pó
250 g de açúcar (reduzimos para 200 g)
2 ovos
canela em pó
granulado de chocolate

Cobertura
75 g de chocolate
0,25 dl natas

Preparação
Aquecer o forno a 160ºC.
Coloque  o azeite, o açúcar e os ovos numa batedeira e misture até se obter um preparado homogéneo.
À parte, numa tigela, ponha a farinha e os restantes ingredientes secos e fazer um buraco no centro. Adicione o preparado anterior e a cenoura previamente cozida e triturada, a raspa de laranja e envolver tudo muito bem.
Deite o preparado numa forma untada com a manteiga e polvilhada de farinha e levar a cozer durante mais ou menos 45 min.
Deixe arrefecer e desenforme.
Para a cobertura derreta o chocolate com as natas e mexa bem. Cobrir o bolo.

Bimby- Coloque a cenoura cozida e o açúcar no copo e triture na vel 3-5-7-9. Coloque a borboleta e junte os ovos e programe 6 min, temp 37º, vel 3. Volte a programar 4 min, vel 3. Adicione os ingredientes sólidos e mexa 10 seg, vel 3.
Deite o preparado numa forma untada com a manteiga e polvilhada de farinha e levar a cozer durante mais ou menos 45 min.
Deixe arrefecer e desenforme.
 Para a cobertura, deite as natas no copo e programe 2 min, temp 70, vel 3. Junte o chocolate em pedaços e marque 3 min, temp 37º, vel 6-3.
Cobra o bolo com esta mistura.

Nota:
A receita originar está com o dobro das quantidades dos ingredientes que aqui mencionamos. Acrescentamos o granulado de chocolate, ideia da gulosa da Margarida =)

Fonte:
Receita retirada do livro"A que sabe está história" de Alice Vieira

domingo, 8 de maio de 2011

Muffins de Maçã e Gengibre

À duas semanas o meu irmão ficou doente e para ocupar o tempo e decidiu fazer-me uma surpresa. Com a ajuda da minha mãe foram pesquisar receitinhas fáceis e que ele pudesse fazer sozinho. Descobriram esta delicia. Mas quem gostou realmente destes Muffins foi o meu pai e o Manel já repetiu a dose e tudo. Espero que gostem, beijinhos =)

Muffins de Maçã e Gengibre


Ingredientes:
250 g de farinha de trigo
2 c. de fermento em pó
150 g de açúcar
75 g de açúcar mascavado
1 cm de gengibre ralado (usei 1 colher de chá de gengibre já ralado)
150 ml de natas
120 ml de óleo (usei óleo de amendoim)
1 c. de sopa de mel
2 ovos
300 g de maçãs bravo de esmolfe (usei gala), descascadas e partidas em pedacinhos 

Preparação
Pré-aqueça o forno a 200 ºC.
Coloque numa taça os ingredientes secos e misture-os com a ajuda de um fuet. Noutra taça, bata as natas , o o óleo, o mel e os ovos.
Junte a mistura líquida aos ingredientes sólidos e à maçã descascada e partida em pedacinhos e distribua pelas formas já untadas ou então pelas formas de papel.
Leve ao forno durante 20 minutos.




Notas:
Esta receita é ideal para se fazer com crianças pequenas, pois eles ficam felicíssimos de poderem pegar no fuet e bater todos os ingredientes. Depois é só pegar nas forminhas de papel colocar dentro das de alumínio e "despejar" a massa com colheres. Fácil, barato e dá muita felicidades às nossas crianças.

 
Fonte:
Receita de Chakall retirado da revista Lux